Coronavírus (COVID-19): Veja as informações mais recentes do Ministério da Saúde sobre o COVID-19.

José Lins do Rego


José Lins do Rego Cavalcanti nasceu em Pilar, na Paraíba, em 1901 e morreu em 1957 no Rio de Janeiro. Foi um romancista e jornalista brasileiro.

Como jornalista escreveu para os Diários Associados e O Globo, após ter se mudado, em 1935, para o Rio de Janeiro. Era flamenguista fanático.

Como escritor é considerado um importante nome do romance regionalista brasileiro, ao lado de Graciliano Ramos, Érico Veríssimo, Rachel de Queiroz e Jorge Amado.  

Seus romances Menino de engenho (1932), Doidinho (1933), Banguê (1934), O moleque Ricardo (1935) e Usina (1936) foram nomeados pelo próprio autor de "Ciclo da cana-de-açúcar".

Foi eleito membro da Academia Brasileira de Letras em 15 de setembro de 1955, sendo o quarto ocupante da cadeira 25.

Nasceu em 03 de junho de 1901, há 119 anos
Morreu em 12 de setembro de 1957 aos 56 anos de idade

COMPRAR LIVROS DO AUTOR

Foto de José Lins do Rego

Veja livros de José Lins do Rego encontrados nas bibliotecas dos Livristas: