Crawler Detect

Crianças do mundo inteiro, uni-voz! | Livrista

Crie sua biblioteca
Login
Busca

Crianças do mundo inteiro, uni-voz!

Crianças do mundo inteiro, uni-voz!

Autor(es): Dioclécio Campos Juntos

Ranking do Livrista: 242º

Preço médio: R$ 30,00


1 colecionador(es) possui(em) 1 exemplar(es) desse livro no Livrista.

Biblioteca Virtual de Leonardo Marçal

Leonardo Marçal

15 itens


Crianças do mundo inteiro, uni-voz!
Crianças do mundo inteiro, uni-voz!
Dioclécio Campos Juntos
1.ed. Brasília - DF: UnB. 2012

: escrever uma resenha

Resenhas e comentários públicos

A sociedade mudou de rumo. Ganhou em tecnologia o que perdeu em consciência. Avançou na economia o que recuou em sensibilidade humana. Cultiva o corpo, ignora a alma. Cultua o negócio, despreza a ética. Vive o hedonismo consumista, deteriora o planeta. Produz leis, nega os direitos. Proclama igualdade, segrega os diferentes. Sublima o presente, sepulta o futuro. Consagra o egoísmo, minimiza a moral. Nesse mundo nascem as novas gerações. Sobrevivem a toda sorte de carências, particularmente à afetiva. As crianças não são mais acolhidas no ninho familiar, inexiste o berço da ternura. Crescem na atmosfera da ansiedade. Ganham muito mais carrinhos do que carinhos brinquedos do que folguedos mais delícias do que carícias mais braço do que abraço e muito mais clamor do que amor. São contagiadas pelo estresse desde a gestação. Atravessam mal a primeira infância, intoxicadas por estímulos prejudiciais ao seu desenvolvimento cerebral. Perdem a chance de aprender a aprender. De sujeitos de direitos passam a objetos de interesses que lhes desfiguram a cidadania nascente. Os cidadãos verdadeiros são aqueles que não renegam o privilégio de uma infância vivida em plenitude. Nunca deixam de ser criança. Guardam coerência, espontaneidade, espírito inovador e autenticidade. São crianças maduras e experientes. Precisam unir-se em defesa do grandioso mundo infantil. Só assim a humanidade garantirá o futuro da espécie. Autor do prefácio, o senador Cristovam Buarque observa: Se este livro do professor Dioclécio Campos Júnior chegar aos historiadores do futuro, eles vão perceber que, no século XXI, havia pelo menos um cidadão, intelectual, pediatra, capaz de indignar-se, denunciar e manter a esperança, ter proposta, desmistificar os que tentam esconder o problema sob a ilusão de falsas conquistas e perceberão que ele fez isso com um estilo límpido e, em alguns momentos, poético.

Pesenha enviada por Leonardo Marçal em 15/09/2018

Exemplares a venda


Sobre o Livrista | Livros | Editoras | Termos de uso | Política de privacidade | Financie o Livrista | Anuncie aqui | Fale conosco
2010-2018 © Todos os Direitos Reservados - Cedilha Comunicação Digital S/S Ltda.